VULNERABILIDADE SOCIOAMBIENTAL E QUALIDADE DE VIDA DE MULHERES DO MUNICÍPIO DE DUQUE DE CAXIAS/RJ

Resumo

Este ensaio versa sobre a vulnerabilidade socioambiental e qualidade de vida de mulheres em um município da Baixada Fluminense do Rio de janeiro – Duque de Caxias. Trata-se de uma construção teórica que pontua determinantes para a qualidade de vida da população feminina da região e aspectos relacionados ao alto índice de violência doméstica. Buscou-se conhecer o cenário atual de vulnerabilidades sociais das mulheres do município a fim de subsidiar políticas públicas que possam garantir e assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para as mulheres conforme é preconizado no Objetivo do Desenvolvimento Sustentável nº 3 da Organização Mundial das Nações Unidas.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Mestrando pelo Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento do Centro Universitário Augusto Motta, UNISUAM.

##submission.authorWithAffiliation##

Doutora em Vigilância Sanitária pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde, INCQS, FIOCRUZ. Coordenadora do Curso de Farmácia do Centro Universitário Augusto Motta, UNISUAM.

##submission.authorWithAffiliation##

Doutora em Ciências pela UFRJ. Docente e Pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Local no Centro Universitário Augusto Motta, UNISUAM.

Publicado
2020-10-29
Como Citar
SOARES, Ricardo Lahora; DA COSTA, Vanessa Índio do Brasil; AVELAR, Kátia Eliane Santos. VULNERABILIDADE SOCIOAMBIENTAL E QUALIDADE DE VIDA DE MULHERES DO MUNICÍPIO DE DUQUE DE CAXIAS/RJ. Revista da Seção Judiciária do Rio de Janeiro, [S.l.], v. 24, n. 49, p. 112-135, out. 2020. ISSN 2177-8337. Disponível em: <http://revistaauditorium.jfrj.jus.br/index.php/revistasjrj/article/view/427>. Acesso em: 23 jan. 2021. doi: https://doi.org/10.30749/2177-8337.v24n49p112-135.